Escuridão – Alexandre Moreira [Resenha]

Existe um lugar, no coração da Amazônia, onde a noite dura para sempre. Uma região isolada e remota, sem povoados, aldeias ou rios navegáveis, onde árvores gigantescas, milenares, formam uma cobertura tão densa que o sol jamais chega ao chão. Onde a única forma de se locomover é a pé e, por razões desconhecidas, rádios e outros equipamentos eletrônicos não funcionam. Uma área que os militares brasileiros não patrulham e pela qual os traficantes de armas e drogas não se interessam. Até os índios a evitam. Eles a chamam “Suu Ruu Birê”. Ou A “Terra da Noite que Engole”

Anúncios

Elevador 16 – Rodrigo de Oliveira [Resenha]

Estamos em 2017. Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, os astrônomos asseguram que o planeta passaria a uma distância segura e todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...

Lunaria – Henrique M. Garcia [Resenha]

O mundo mágico de Lunaria - a "terra da lua perdida" - é marcado por guerras entre diversas raças pela posse de artefatos poderosos deixados pelos deuses em um passado muito distante. Entre esses itens destacam-se as Pedras Anciãs, capazes de conceder poderes singulares para quem as empunha. Em uma missão desacreditada, o exército dos homens parte para o reino sombrio de Ganaska a fim de recuperar a perdida Pedra Vermelha, roubada pelos kappanianos, gigantes bárbaros sedentos por guerra.